Deismo - Portuguese

 

INTRODUÇÃO AO DEISMO

Por Missionário Lordelo

 

O deísmo é uma postura filosófico-religiosa que admite a existência de um Deus criador, mas rejeita a idéia de revelação divina. É uma doutrina que considera a razão como a única via capaz de nos assegurar da existência de Deus, rejeitando, para tal fim, o ensinamento ou a prática de qualquer religião organizada.            

Com a proliferação de igrejas pelo Brasil, se abusa do baixo nível educacional para extorquir dinheiro de trabalhadores, utilizando-se da "palavra de Deus" como salvação de todos os problemas. Temos assim muitas igrejas, em cada cidade, abusando da ignorância popular e esse é o momento para divulgarmos a filosofia Deista! Temos que ser livres!        

Afinal, "é muito melhor compreender o Universo como ele realmente é do que persistir num engano, por mais satisfatório e tranqüilizador que possa ser", nos dizia Carl Sagan.

Afirmação: "Deus existe, mas não preciso de uma Religião para compreender Sua vontade".

 

" A palavra (deísmo, observação nossa) vem do latim Deus, 'deus'. Os socinianos introduziram o termo no século VI. Porém, veio a ser aplicado a um movimento dos séculos XVII e XVIII, que enfatizava que o conhecimento sobre questões religiosas e espirituais vem através da razão, e não através da revelação, que sempre aparece como suspeita e como instrumento de fanáticos e de pessoas de estabilidade mental questionável. 1. Essa circunstância outorga-nos a característica básica do deísmo: um conhecimento adquirido através da razão, e não através da revelação. A isso chamamos de religião natural, em contraste com a religião sobrenatural…"
(R.N. CHAMPLIN. Deísmo. In: Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia, v.2, p.38)

www.semreligiao.com.br

lordelo@semreligiao.com.br

 

 

O Deísmo tem muito para lhe oferecer, assim como tem muito para oferecer à sociedade!

Deísmo é o conhecimento sobre Deus* (neste texto, este termo não faz referência a nenhuma divindade específica, mas a um possível criador cuja existência excede o conhecimento humano) baseado na aplicação de nossa razão no design encontrado na Natureza e em suas leis, visto que tal design pressupõe um Designer. Dessa forma, o Deísmo é como uma religião natural e não como uma das inúmeras religiões "reveladas". A religião (ou, falando de forma mais adequada, filosofia) natural deísta liberta aqueles que abraçam-na em despeito às inconsistências da superstição e à negatividade intimidadora que estão tão fortemente representadas em todas as religiões "reveladas" como o Judaísmo, o Cristianismo e o Islã (chamamos tais filosofias de 'reveladas' pelo fato de tanto afirmarem ter recebido alguma revelação especial divina sobre a qual eles alegam - e muitos de seus seguidores sinceros realmente crêem - que seus vários e conflitantes livros sagrados estão baseados).

Quando um número suficiente de pessoas se tornar deísta, a razão será elevada acima do medo e do mito e suas qualidade positivas tornar-se-ão parte da sociedade como um todo. Então, em vez de bilhões de pessoas perseguirem a violência sem sentido ao promover os mitos das religiões "reveladas", as pessoas passarão a se centrar em sua razão dada por Deus que as guiará ao ilimitado progresso individual e social!

Não se trata de algum sonho utópico. O Deísmo tem o potencial para conectar cada ser humano, pois todos são dotados de razão. Graças a isso, a filosofia deísta é bem aceita pela vasta maioria das pessoas com as quais chega a ter contato. Essa razão dada por Deus, tão prezada e importante para os deístas, é o real estado natural da humanidade e NÃO as superstições das religiões "reveladas" feitas por homens. O motivo de nossa razão dada por Deus ser posta de lado para dar lugar a tais mitos é, na verdade, muito simples: Pessoas ATIVAS promovem tais falsidades (algumas dessas pessoas o fazem por lucro pessoal, outras, por ignorância) e, assim como o problema é trazido por pessoas ATIVAS, pode ser resolvido por pessoas ATIVAS. À medida que o número de deístas ATIVOS crescer, nossas ações e energias farão as filosofias racionais eclipsar as religiões de modo que idéias como o Deísmo substituirão, com intenso trabalho em equipe e altruísmo, as filosofias "reveladas". Então a humanidade e cada indivíduo que a compõe poderão alcançar todo o seu potencial de progresso!

Aproveite suas oportunidades para se familiarizar com filosofias como o Deísmo através dos vários artigos e links que estão disponíveis neste site. Aqui você aprenderá coisas como o fato de Deus e religião serem coisas completamente diferentes, que um dos muitos benefícios que o Deísmo lhe oferece é a sólida proteção contra cultos, que a Declaração da Independência Estadunidense é um documento deísta, que os livros "sagrados" das religiões pintam um quadro muito cruel e insano de Deus, que o Designer da Natureza é tão real quanto os designs na Natureza... E muito, muito mais!

Esperamos que a seguinte declaração feita pelo homem que fez mais que qualquer outra pessoa para trazer os pensamentos do Deísmo para todos, Thomas Paine, toque sua mente e sua alma de modo sincero após aprender o que o Deísmo realmente é:
"Há uma felicidade no Deísmo, quando corretamente compreendido, que não é encontrada em nenhum outro sistema religioso. Todos os demais sistemas têm algo que, ou ferem nossa razão, ou são a ela repugnantes. E o homem, quando ao menos pára para pensar, precisa sufocar sua própria razão para forçar a si mesmo a crer. Mas no Deísmo, nossa razão e nossa fé se tornam harmoniosamente unidas. A maravilhosa estrutura do Universo, e tudo aquilo que podemos contemplar no sistema da Criação, nos provam, de um modo que livro nenhum pode, a existência de algo ou alguém incomensuravelmente superior - que costumamos chamar de Deus - ao mesmo tempo em que proclama Seus inconfundíveis atributos."




* O Deísmo não é uma religião nem possui dogmas. Há deístas que crêem em uma divindade específica, bem como há deístas que crêem na idéia de um "deus emérito" entre outras teorias. De todo modo, todo deísta segue a filosofia de que, com base na razão e na complexidade do Universo, há um design inteligente cujo Designer é uma existência além da capacidade de compreensão humana.

 

 






Main Menu
News of Interest to Deists
A recent survey on religion shows there are 34 million Americans who are classified as "Nones", that is they do not embrace any of the "revealed" religions and the vast majority of them are not Atheists. In actuality, the vast majority of the "Nones" are actually Deists!

The survey shows a giant step forward for Deism in the fact that it actually uses the word "Deist" and for the very significant raw numbers it shows as representing the number of people who are Deists.  In reality, the number of Deists is actually higher than the survey shows because the survey uses an outdated definition of Deist. For a more accurate definition please see our Deism Defined page.


Click here to read the actual survey. (It's in PDF)
Astronomers report a recent study strongly indicates the Universe is infinite.
One of the reasons the freethinker Giordano Bruno was tortured and murdered by being burned alive by the Catholic Church during the Inquisition was that he said the Universe is eternal and infinite which violates the superstitions in the Bible found in Genesis. This new study vindicates Bruno.

Obama is making the mixing of church and state worse than ever before.
Obama supporters forget that when all is said and done, Obama is just another politician. This article shows he's proving that he is nothing but a politician by doing more than any other president to mix religion and government, especially through giving tax-dollars to religious organizations.


Help Get the Word Out About Deism! Thank You!